Forex trading empregos em paquistao ferrovias




Forex trading empregos em paquistão ferroviasCaro leitor, os anuncios on-line nos permitem entregar o jornalismo que voce valoriza. Por favor, apoie-nos tomando um momento para desativar Adblock no Dawn. Caro leitor, os anuncios on-line nos permitem entregar o jornalismo que voce valoriza. Por favor, apoie-nos tomando um momento para desativar Adblock no Dawn. Caro leitor, atualize para a versao mais recente do IE para ter uma melhor experiencia de leitura Inicio Ultimo PSL Popular Paquistao Papeis de hoje Opiniao Mundo Esportivo Negocios Revistas Cultura Blogs Tech Arquivo de multimidia Em profundidade As ultimas estatisticas da Pakistan Railways pintam uma imagem decepcionante. Abaixo de um milhao de passageiros, a Pakistan Railways transportou apenas 47 milhoes de passageiros no ano fiscal 2013-14. AFP O pensamento rapido e lento e o que Daniel Kahneman, Premio Nobel de Economia, pensa que os humanos fazem. O planejamento rapido e lento e o que as ferrovias do Paquistao fazem. Com passivos cumulativos atingindo 74 bilhoes de Rupias. O Pakistan Railways e uma empresa estatal que nao obteve lucros em idades. Apesar de as receitas aumentar, as despesas aumentam ainda mais rapidamente, retornando ainda maiores perdas anuais. Com uma visao tao sombria, o otimismo ainda abunda na Secretaria dos Primeiros-Ministros, onde os planos para uma ligacao ferroviaria de alta velocidade entre Peshawar e Karachi se tornaram raiz. Alguem se pergunta quando o Paquistao falhou na execucao de trens lentos, como pode ser bem sucedido em executar os mais rapidos. Nao planejaria rapido e movendo lentamente mais uma experiencia fracassada com as ferrovias do Paquistao Em abril de 2014, as ferrovias do Paquistao levaram um anuncio de meio dia no The Financial Times solicitando interesse em uma ligacao ferroviaria de alta velocidade. O Sunday Times informou que o projeto de 6,6 bilhoes de libras reduziria o tempo de viagem para a viagem de 700 milhas de 18 a sete horas. O custo pode parecer alto. No entanto, em 10 milhoes por km, parece comparavel a outros projetos similares em paises em desenvolvimento. Os trilhos de alta velocidade no Paquistao nao serao tao rapidos quanto o TGV frances ou o japones Shinkansen, que operam a velocidades superiores a 300 kmh. Uma estimativa conservadora da velocidade media de operacao para o trilho de alta velocidade no Paquistao e entre 150 a 200 kmh. Pode nao parecer impressionante, mas esta e a velocidade media do comboio operacional no Canada e nos EUA. Se os trens no Paquistao podem funcionar a 150 kmh, os pilotos de trem serao tao rapidos e furiosos quanto os seus homologos norte-americanos. No entanto, e importante dar uma olhada em como as ferrovias do Paquistao se deslocaram. Os maus caminhos das Ferrovias Nisar Ahmed Abro. Uma estacao em custo em Sindh, conhece intimamente bem o que aflige as estradas de ferro de Paquistao. Falando ao New York Times em 2013, o Sr. Abro brincou: as ferrovias sao a verdadeira imagem do nosso pais. Se voce quiser ver o Paquistao, veja suas ferrovias. O Sr. Abro fez o prognostico correto. Nao ha nada mais errado com o Railways do que o que ja esta errado com o Paquistao e seus outros utilitarios do setor publico. A corrupcao, a ma gestao, o nepotismo e a falta de experiencia profissional pesam as ferrovias e outras reliquias de um setor publico em rapido encolhimento no Paquistao. E importante entender que as ferrovias do Paquistao estao morrendo de morte lenta. No processo, seus ativos estao encolhendo e assim e o nivel eo escopo de servicos o Railway fornece. Em 1986, o braco consultor da Canadian Pacific Railways ganhou um contrato para propor especificacoes para um sistema informatizado de informacao de gestao. A Globe and Mail no Canada destacou o acordo e informou que o Pakistan Railways operava 8,8 mil quilometros de trilhos e carregava 11 milhoes de toneladas de frete e 100 milhoes de passageiros. As estatisticas mais recentes da Pakistan Railways pintam uma imagem decepcionante. Abaixo de um milhao de passageiros, a Pakistan Railways transportou apenas 47 milhoes de passageiros no ano fiscal 2013-14. A partir de 11 milhoes de toneladas de frete em 1986, o volume caiu para 1,6 milhao de toneladas. Apesar do declinio drastico nos servicos, Railways ainda carregava uma forca de trabalho de 80 mil funcionarios. As Ferrovias finalmente chegaram a computadorizar partes de seu gerenciamento de informacoes em novembro de 2007, quando o sistema eletronico de emissao de bilhetes foi lancado. Lembre-se, os canadenses receberam um contrato em 1986 para fazer sua viabilidade. Levou apenas 20 anos para as estradas de ferro para dar o proximo passo. No entanto, o sistema permaneceu operacional por apenas tres meses. Estava de volta aos bons velhos tempos e aos bons e antigos caminhos para as Ferrovias. A infra-estrutura ferroviaria e insuficiente para atender a demanda e esta em mau estado. Para ajudar a mover uma nacao de 180 milhoes, as ferrovias do Paquistao tem menos de 500 locomotivas, das quais apenas 20% estao operacionais. O resto e muito antigo ou muito danificado para operar. Os registros proprios de Railways mostram que, mesmo no inicio dos anos 80, a frota de locomotivas ficou em mais de 950 e o numero de treinadores de passageiros excedeu 2.370. Ate 2013-14, Railways foi deixado com apenas 1.434 treinadores. Alem disso, Railways no inicio dos anos 80 carregou, em media, 600 mil vagoes de mercadorias. Ate 2013-14, esse numero foi de 76.300. E muito conveniente culpar a administracao politica e os burocratas pelo lamentavel estado dos assuntos ferroviarios. Isso, no entanto, sera errado. As proprias massas, que sofrem nas maos dos caminhos-de-ferro, raramente sentem a oportunidade de destruir a propria infra-estrutura que eles precisam desesperadamente e pagaram com seus impostos. Apos a morte de Benazir Bhutto, massas furiosas incendiaram 137 treinadores e 22 locomotivas. Alem disso, violencia terrorista e acidentes destruiram ainda mais infra-estrutura. O estado dos assuntos ferroviarios e tao ruim que nao se pode dizer com certeza a extensao das perdas financeiras. Ao mesmo tempo, os agentes politicos estao dispostos a entregar as boas noticias sobre os Caminhos de Ferro. Em julho passado, um administrador senior se orgulhava da midia de gerar 25 bilhoes de Rupias em receita em 2013-14, resultando em um aumento de Rs 7 bilhoes na gatinha nacional, escreveu um jornal. Ha, no entanto, um problema. O Auditor Geral do Paquistao (AGP) nao esta igualmente entusiasmado com o desempenho das ferrovias. O relatorio anual da AGP levanta alarme sobre as perdas de ferrovias que subiram para 32,5 bilhoes de Rupias para o mesmo ano fiscal. O AGP informou que os ganhos brutos foram de 22,8 e nao 25 bilhoes de Rupias contra 55,3 bilhoes de Rupias nas despesas operacionais operacionais. E verdade que o Railways ganhou mais em 2013-14 do que em 2012-13. No entanto, suas despesas tambem aumentaram, negando os beneficios do aumento das receitas. As perdas iminentes nao impediram o governo de gabar ao FMI de um desempenho estelar dos Caminhos de Ferro. Em uma carta de intencoes dirigida ao diretor-gerente do FMI, o governo afirmou ter melhorado a receita de ferrovias no AF 201314 em 32%. Nao importa, Railways proprios estatisticas publicadas revelam um aumento de 26 por cento na receita ao longo do ultimo ano fiscal. O governo ainda afirma ter aumentado a receita em mais de 50 por cento nos primeiros nove meses do ano fiscal de 201415. Nao ha mencao na carta das despesas crescentes em relacao ao aumento das receitas. Como colocar as vias ferreas de volta ao percurso Dada a cultura do direito que permite aos estudantes universitarios dirigir o patrocinio politico gratuito ou politico que continua a adicionar empregados desnecessarios para a forca de trabalho inchada das estradas de ferro, e preferivel esperar uma reviravolta nas ferrovias do Paquistao com reformas estruturais. As habilidades necessarias para revitalizar as Estradas de ferro reestruturadas nao existem com os funcionarios ou os administradores. Nao ha opcao, mas para privatizar as ferrovias do Paquistao. A inevitavel privatizacao so pode ser adiada, mas nao evitada. A desvantagem do atraso e que os interesses adquiridos poderao aproveitar ainda mais os ativos das Estradas de ferro. Lembre-se, Railways hoje e apenas uma sombra do que era. Suas exploracoes de terras, frota operacional de locomotivas e carros encolheram. Ele carrega muito menos passageiros e frete hoje do que ate duas decadas atras. As tentativas de privatizar as Ferrovias sempre terminam nos Tribunais Superiores, onde os funcionarios das Ferrovias defendem o direito de Deus a um emprego no setor publico. Os Tribunais Superiores devem considerar o equilibrio entre o bem-estar dos 180 milhoes de pessoas contra a garantia de emprego para os 80 mil funcionarios da Ferrovia do Paquistao que sao responsaveis ??por um aumento de bilhoes de Rupias por ano para a divida coletiva das nacoes. Os tribunais tambem mostraram preocupacao com os viajantes de baixa renda que podem ser forcados a pagar tarifas mais altas em operacoes ferroviarias privatizadas. Isso, de fato, e uma preocupacao valida. No entanto, nao exige que o Estado execute Railways. O Programa de Apoio a Renda da Benazir e um bom exemplo de familias de baixa renda que podem ser expandidas para incluir subsidios de deslocamento para que o governo seja liberado de treinar, avioes voadores e onibus de direcao. Entretanto, quando a batalha para privatizar Railways continua, pode-se reestruturar Railways para desacelerar, se nao reverso, a podridao. A reparticao das despesas revela que os caminhos-de-ferro gastam uma soma grande na manutencao e na administracao. Isso pode ser abordado segmentando as Ferrovias em unidades funcionais menores com configuracoes administrativas transparentes. Por exemplo, as operacoes de passageiros e de carga podem ser segregadas em entidades independentes, nomeadamente Paquistao Passenger Railways e Pakistan Freight Railways. As locomotivas podem ser divididas de acordo com a demanda atual de servico de frete e transporte de passageiros. Os carros de passageiros e os vagoes de mercadorias sao faceis de atribuir. Os departamentos de manutencao devem ser consolidados sob uma entidade independente separada que servira tanto de Estradas de Ferro de passageiros quanto de passageiros. Fonte: Dados obtidos do relatorio anual do Railways do Paquistao. O governo ja estabeleceu o Real Estate Development amp Marketing Company (REDMCO) para gerenciar e explorar o potencial do que resta das terras publicas das Ferrovias. Eu recomendo que as vias ferreas existentes, os direitos de passagem e outros ativos imobilizados, incluindo as Estacoes, sejam consolidados no ambito do REDMCO, com o objetivo de a entidade ser um gerente de ativos e nao um com o unico mandato de dispor de terra para Especuladores. Mesmo com a privatizacao, pode ser prudente manter as estacoes ferroviarias e trilhas no setor publico para permitir que os participantes do setor privado adotam tardios para fazer lances competitivos pelo uso da mesma infra-estrutura. Se as faixas, os adios e as estacoes forem privatizados, eles resultarao em novos monopolios do setor privado que terao pouco incentivo para serem eficientes ou rentaveis. Pense nas trilhas como auto-estradas. Imagine se as Auto-estradas foram vendidas a Daewoo, que poderia ter recusado permitir a concorrencia para operar onibus e caminhoes. A eficiencia operacional teria diminuido e os custos dos usuarios aumentaram como resultado. Um bom ponto de partida para a privatizacao sera abolir o Ministerio das Ferrovias. Os ministerios ferroviarios nao existem em paises desenvolvidos. Mesmo em paises europeus onde o transporte ferroviario e muito mais pronunciado, as ferrovias nao sao um ministerio autonomo. Ao abolir o Ministerio das Ferrovias, pode-se eliminar a redundancia administrativa que existe entre o Ministerio e as Ferrovias do Paquistao. Um Ministerio dos Transportes e Infraestrutura deve unir as carteiras coletivas do Ministerio das Ferrovias, do Ministerio dos Portos e do Frete e do Ministerio da Habitacao e Obras. Isso nao so economizara custos, mas tambem melhorara a eficiencia operacional, garantindo uma melhor coordenacao entre os departamentos inter-relacionados e as corporacoes espalhadas por varios ministerios. As ferrovias do Paquistao e a PIA poderiam estar sob o Ministerio dos Transportes e Infraestrutura ate que essas entidades sejam privatizadas. Os caminhos-de-ferro tambem devem ser forcados a abandonar todas as operacoes tangenciais que nao sao fundamentais para a sua missao. Para os seus funcionarios e seus dependentes, os caminhos-de-ferro gerem inumeros hospitais e escolas. Estes sao o uso nao-produtivo do capital de Ferrovias e outras infra-estruturas de ativos. Essas instalacoes devem ser entregues (melhor vendidas) as respectivas autoridades municipais e provinciais. Em vez de operar esses grandes estabelecimentos em uma perda financeira, Ferrovias deve, em vez disso, fornecer seguro de saude para seus funcionarios e educacao bolsas para os trabalhadores de baixa renda. O trade-off resultara em poupancas e, mais importante, ajudara as Ferrovias a concentrar-se mais em sua missao central. Fazer o mesmo sem sucesso por anos e esperar um melhor resultado no futuro e um sinal claro de fracasso administrativo e imaginativo. O que quer que o estado tem feito, sob uma variedade de regimes civis e militares, nao conseguiu parar o sangramento em estradas de ferro de Paquistao. Uma serie gradual e sustentada de etapas, comecando com a reestruturacao e terminando com a privatizacao, sao imperdiveis. Caso contrario, esteja preparado para assumir mais bilhoes na divida nacional para manter os 80 mil funcionarios da Ferrovia trabalhando no setor publico. DAWNVIDEO - 1029551DAWN-RM-1x1 Comentarios (58) Cerrado N. Sid Enquanto voce se encaixa com algumas figuras numericas, verifique outros fatores tambem. Verifique as estatisticas de trens locais de Mumbai na web, voce ficara surpreso. A contagem 12 e muito menos comparativamente. A historia geral e a India esta fazendo bons lucros fora das estradas de ferro de uma decada passada. Farooq Khan 17 de agosto de 2015 05:52 pm Como Railways, PIA, Pak Steel Mills nao sao as empresas familiares, por isso nao importa para o governo Nawaz se continuarem sangrando Pak. O governo tem medo de tomar decisoes ousadas devido politica, colocando os interesses nacionais para tras. Todas as tres entidades acima mencionadas devem ser privatizadas com urgencia, pois sua cultura e incorrigivel. Nao ha experiencia para uma volta, como afirmou o autor. Concordo com o autor. Badar 17 de agosto de 2015 as 22:45 Murtaza - A ferrovia comecou a cair durante a era da Zia, quando a National Logistics Cell desperdicou os tempos de Cargo Business Mush e Zardari adicionados ao prazer e a queda. Mush vendeu muitas propriedades imobiliarias pertencentes a ferrovia. Zardari assegurou que quase todos os trens cheguem a uma parada completa. Este e um conhecimento comum no Paquistao, mas nao se tornou parte de sua analise. Pode ser que o Canada esta muito longe Por que voce nao mencionou os esforcos do governo atual O Ministro da Ferrovia atual fez um excelente trabalho na reducao de perdas e aumento de renda, novas rotas e reducao de corrupcao. Na ferrovia Pode ser que seja o unico governo que NS deve se orgulhar do. Akhtar Quraishi 17 de agosto de 2015 11:02 pm Sim, nao ha lucros, mas verifique se os lucros foram para todas as pessoas no nivel mais alto e subiram a escada. Esta e a historia do Paquistao desde o inicio apenas porque o Ayub Khan estava indo bem, mas as pessoas se cercaram e a familia cuidou de um grande departamento, como quem possui a maior propriedade em torno de Islamabad apropriado. E quem estava no comando do pais naquele momento. Tenho 65 anos e nao vejo o fim do tunel para a classe trabalhadora do Paquistao sua vai ba um milagre. Usman ghani munawar 17 de agosto de 2015 11:56 pm senhor, voce retratou a historia muito bem, mas gostaria de perguntar que, o tempo todo, voce disse que e um departamento muito horrivel e que ameaca a economia paquistanesa se nao puder ser administrado pelo setor publico, entao Ele pode ser administrado pelo setor privado. Eu vou procurar sua resposta M 18 de agosto de 2015 11:17 am pensamentos decentes e nobres, mas isso nao acontecera ... o novo link de velocidade e outra maneira para o governo (grupo err nawaz) expandir seus negocios e base de comissao, vimos o que aconteceu Com projeto de onibus de metro em Islamabad. Privatizar o trilho nao trara qualquer frutas ou. Muitos interesses criados nele. Estas instituicoes publicas sao uma mina de ouro para o governo no poder para o dinheiro do leite fora do FMI rapssla 18 de agosto de 2015 11:19 am Shiraz Heres por que os motores falham, eles sao adquiridos sem propostas. O lote de 2003 e a raiz de todos os males . Vamos ser patriotas e aceitar o erro. Ele quer fazer alguem pequeno ou grande. Eu fiquei surpreso ao ler que um trem descarrilou fora Filadelfia recentemente, enquanto fazia cerca de 100 m. p.h. Em uma curva. A mesma coisa aconteceu na Espanha ha nao muito tempo. Trens nos EUA viajando a 100 p. h. E impensavel para mim. Tenho utilizado Montreal para New York route muitas vezes. Nos bons velhos tempos, os trens da Amtrak levarao inacreditaveis ??9 horas para cobrir todas essas 435 milhas. Mais recentemente, eles fizeram progressos. Agora demora 11 horas. No dia em que viajamos ha alguns anos, demorou mais uma meia hora mais. Agora eu pego o onibus noturno. E o mais rapido. 7,5 horas contadas, incluindo o aborrecimento na fronteira canadense. No entanto, lembro-me de uma coisa. Ao viver nao muito longe, uma estacao suburbana entre Washington e Nova York, quando nosso apartamento vai tremer, eu pedirei aos meus filhos se eles pudessem ouvir um trem passando. Eles vao dizer sim. Muito provavelmente, aqueles que vivem perto da faixa de Montreal para Nova York nao tem o privilegio de experimentar tal coisa. ATHER 18 de agosto de 2015 as 12:14 pm Reducao de capital, proibicao de sindicatos, remocao de pessoal designado politicamente, conselheiro educado e experiente, e o que precisamos. Cidadao 18 de agosto de 2015 12:53 pm Ferrovia do Paquistao Requer muito trabalho, em todos os aspectos. Especialmente todos nos precisamos competir com o nosso pais vizinho. Nao podemos competir com a Europa ou a America do Norte. O ministro da Ferrovia amp PM deste pais deve focar o amplificador Trabalhar no sistema em prioridade, em vez do Metro Bus. PM deve pensar em Paquistao, nao so no Punjab como ele e o PM do Paquistao, e nao o Punjab. Todos devemos saber o orcamento. Quantidade em Railways nao pode ser visto. NAB deve investigar sobre isso ainda mais. Resto Nos esperamos ver o Paquistao Flourish como o Heaven. Best Trainers of Forex Trading and Analysis Todos podem ganhar uma excelente renda do Forex Trading Business, obtendo Professional Forex Education atraves de instrutores especializados. Muitas pessoas se juntaram ao negocio forex como um negocio em tempo integral ou alguns como meio periodo de trabalho, mas 20 pessoas aprendem a forex como profissional, entao 80 pessoas perdem o dinheiro por falta de conhecimento. Uma vez que a negociacao forex e um negocio de moeda estrangeira internacional e os precos das moedas dependem da oferta e da demanda, se qualquer comerciante nao possuir conhecimentos adequados, entao podera ter mais de 80 chances de perda. Em negocios de forex comerciantes profissionais apenas o comercio com 2 muito comum plano de gestao de riscos (temos plano diferente e melhor apenas discutir no curso de formacao). Entao, primeiro obtenha conhecimentos adequados e profissionais do negocio de negociacao forex, em seguida, comece sua negociacao. Em nosso programa de treinamento, compartilhamos e desbloqueamos abertamente o segredo do Forex Market. Alguns seguem erros comuns de comerciantes: os comerciantes nao aprendem educacao profissional. Traders apenas comercio com analise tecnica. Indicadores comuns nao nos ajudam a tomar a posicao certa, estes sao apenas manipular os precos. Os comerciantes nao aprendem os fundamentos da economia. Principalmente formadores ensinar aos comerciantes apenas educacao basica nao profissional. Nosso Instituto esta aqui para ensinar-lhe do basico ao conhecimento avancado do forex e ao comercio com formas seguras de acordo com a analise tecnica e fundamental. Aulas diarias de Treinamento Fisico. Classes separadas estao disponiveis mediante solicitacao. Pessoa de contato: Aftab Ali Mobile No: 0321-4249491 (Telenor, Whatsapp) Instituto Temporario: 05: 00-p. m. as 11: 00h-PM Website: DailyfxguidePakistan Railway para retomar o trem de frete interrompido esta semana LAHORE: as estradas do Paquistao irao retomar esta semana o Operacao de um trem de carga, que foi anteriormente suspenso devido a indisponibilidade de motores, disseram funcionarios a PPI na terca-feira. O trem de carga teria 60 bogies, disseram os funcionarios do ramo de operacoes, acrescentando que a decisao de reiniciar a operacao interrompida do trem de carga foi tomada depois que o fornecimento de combustivel foi simplificado. As ferrovias ganham Rs.120 milhoes mensais a partir das operacoes de trens de mercadorias, enquanto a retomada da operacao de trens de carga suspensa adicionaria mais Rs.4 milhoes a essa renda mensalmente. As autoridades disseram que atualmente as ferrovias tinham quantidade suficiente de diesel para realizar suas operacoes nos proximos seis a sete dias. A restauracao deste trem de mercadorias tambem restauraria a atividade de manuseio de mercadorias no porto seco de Prem Nagar, localizado perto de Raiwind. FORTOS DE PAKISTAO: - A ferrovia do Paquistao e uma importante fonte de transporte no pais. Na Segunda Guerra Mundial, a segunda ferroviaria foi usada como fonte de transporte muito importante. Mas sua condicao era miseravel no momento da independencia. O Paquistao deu especial atencao ao desenvolvimento da ferrovia. Em cada plano foi atribuido um montante suficiente para o seu desenvolvimento. O desenvolvimento do caminho-de-ferro pode ser avaliado pelos seguintes fatos: 1. Projeto concluido: - 1. Ferrovia circular de Karachi construida. 2. Kot-Adu, D. G.Khan, link Kasmore completado. 3. Marshalling yar e pipri concluida. 4. Mehran Bridge Kotri concluida. 2. Project Near Completion: - 1. O trabalho na fase de Margala para Islamabad esta em maos. 2. A construcao da Estacao Terminal de Karachi esta quase concluida. 3. O patio do petroleo em Mahmood Kot tambem esta completo. 4. A melhoria das telecomunicacoes esta em processo. 3. Fast Trains: - Trens rapidos e vagoes sao introduzidos entre as varias cidades do Paquistao. Existem muitos comboios confortaveis, Shalimar Express e um trem muito rapido entre Lahore e Karachi. 4. Trem eletrico: - A ferrovia do Paquistao tambem introduziu trens eletricos entre Lahore e Karachi e Khanewal. Alem disso, sera prolongado de Lahore para Karachi. 5. Workshops: - Foram instaladas varias oficinas em varias estacoes. As oficinas em Mughalpura Lahore estao fazendo vagoes e carruagens. 6. Fabricas: - Varias fabricas foram instaladas no pais para a producao de vagoes e carruagens. Estes sao criados em Islamabad, Shukhur, Jehlum, Kohat, Kotri, Khanewal. 7. Exportacao: - Agora o Paquistao tambem esta exportando vagoes e carruagens para outros paises, como o Bangladesh. Problemas de Ferrovias do Paquistao: - O trem do Paquistao fora colocado e muito baixo, porque os caminhoes privados e NLC afetaram negativamente seus ganhos. A estrada de ferro tambem tem como operar as rotas nao economicas. Os passageiros usam mal os trens. O gerenciamento mostrou ineficiencia e o caminho-de-ferro esta sofrendo uma perda. TRANSPORTE AEREO NO PAQUISTAO (PIA): - Em 1949, havia apenas tres pequenas companhias aereas em 1955, a Pakistan International Air Line foi criada. Objetivos da PIA: - Foi criada para fornecer servicos de transporte seguros e eficientes em rotas domesticas e internacionais de acordo com a norma internacional. PIA Performance: - A PIA fez um rapido progresso, aumentando os voos domesticos e internacionais. Todas as cidades importantes do Paquistao sao agora oferecidas servicos de transporte aereo. Na rota internacional, a PIA ampliou seus servicos para todos os paises importantes do mundo. No mundo, a PIA e considerada uma companhia aerea eficiente. PIA ganhou lucros Rs. 11813 milhoes durante 1993. Durante o periodo de 6 ? plano de cinco anos PIA acrescentou: 1. Um 747. 2. Seis Boeings. 3. Dois outros gemeos. 4. Tres onibus aereos e dois Fokker para fugir. 5. A frota da PIA compreende 48 aeronaves de diferentes tipos. Problemas da PIA: - Nos ultimos anos, ha denuncias de que o ingresso esta sendo comercializado no preto. O problema da reserva tambem e caido pelas pessoas. Para melhorar a eficiencia do ultimo governo da PIA, proibiu a uniao e forneceu instalacoes de engenharia. Mas agora, o governo decidiu restaurar a uniao na PIA Govt. Tambem aprovou 13 partes privadas para operar novas linhas domesticas. Agora, existem quatro operadoras privadas operando em varias rotas em 24.9.2000. ESTRADA E TRANSPORTE NO PAQUISTAO: - O transporte rodoviario e um importante meio de transporte no Paquistao. Onibus, caminhoes, carros, riquixas e ciclos de motor estao incluidos no transporte rodoviario. Cerca de 82 passageiros no pais usam o transporte rodoviario. No momento da particao estradas eram inadequadas para atender as necessidades do pais. O governo do Paquistao prestou especial atencao na melhoria e construcao de novas estradas. Durante o 6? plano quinquenal quase Rs. 19 mil milhoes foram destinados ao desenvolvimento da estrada no pais. No 8 ? plano de cinco anos quantidade suficiente foi atribuido. Vantagens de Estradas e Transportes: - 1.I aumentou a receita atraves de impostos. 2. O transporte rodoviario e mais barato do que o trilho e o ar. 3. Tem grande importancia para a agricultura e o setor industrial. 4. O retorno do investimento no transporte rodoviario e rapido. 5. Facilita o comercio. 6. E uma fonte importante com as areas urbanas. 7. As aldeias estao ligadas as areas urbanas. Operacao: - No Paquistao, principalmente o transporte rodoviario esta nas maos do setor privado. Para melhorar o transporte urbano, o governo criou a empresa de transporte. Em 1977, a empresa de transportes Punjab e Karachi foi criada. SISTEMA DE COMUNICACAO NO PAQUISTAO: - Se em qualquer pais o sistema de comunicacao e bem desenvolvido e barato ele expande o mercado de varios bens e economiza o tempo. No desenvolvimento do Paquistao esta desempenhando papel muito eficaz. No Paquistao seguintes sao os meios importantes de comunicacao: 1. Servicos Postais: - No Paquistao nosso sistema postal esta bem organizado. Os oficiais deste departamento sao selecionados atraves da Comissao Publica Federal pelo exame competitivo (CSS). Estes centros de treinamento postal foram criados para treinar o material postal. Os correios tambem estao coletando as pequenas economias das pessoas. Agora as letras sao levantadas pelo ar das cidades importantes. Servicos urgentes de correio: - O departamento de correios introduziu servicos de correio urgente. Dentro de 24 horas, a carta pode ser recebida nas cidades importantes. E uma grande vantagem para as pessoas. 2. Telecomunicacoes: - Em 1947, havia apenas sete escritorios de telegrafos e 12346 telefones no pais. Em 2000, aumentou 3035000 e agora esta ligada em todo o mundo atraves do sistema de comunicacao por satelite. 3. Radio: - Havia apenas duas estacoes de radio em 1947, uma em Lahore e outra em Peshawar. O governo do Paquistao melhorou este sector e criou varias estacoes de radio em Multan, Quetta, Karachi, Rawalpindi e Bahawalpur. Em 1972, foi convertido em corporacao. O radio e uma fonte importante de consciencia politica. 4. Televisao: - Uma companhia privada privada introduziu a televisao em novembro de 1964 no Paquistao. Em 1967, esta empresa foi convertida em sociedade anonima. No Paquistao, a T. V e operada em linhas comerciais. PTV abrange 82 habitantes do pais. A taxa de licenca tambem e cobrada. O governo de Noe introduziu os outros canais para a educacao dos alunos, a PTV tambem apresentou os programas da manha. 5. A rodovia do Paquistao: - Este projeto foi iniciado pelo ex-governador. Nawaz Sharif, no momento existe uma National Highway No. 5 no Paquistao. E tambem chamado de Karachi, Lahore, Rawalpindi, Peshawar Highway. Ele transporta cerca de 56 trafego do pais. Devido as republicas da Asia Central, existe um grande potencial comercial para o Paquistao. Secao 1: - A primeira secao e a pista de seis Islamabad, Lahore, auto-estrada que e 335 km de comprimento. 2? Secao: - E de Islamabad a Peshawar, que tem 154 km de extensao. 3? Secao: - e de Sheikupura a Multan. O seu comprimento e de 317 km. Seccao concluida: - Gwader Road Highway e de 895 km. Karachi-Hub-Kakar e de 341 km. Estes foram concluidos em 1998. e Lahore para Islamabad e Islamabad para a auto-estrada Peshawar tambem esta concluida e Pindi Bhatian para a auto-estrada Faisalabad tambem esta concluida ... Objetivos: 1. Promover o comercio internacional. 2. Promover a infra-estrutura para as industrias. 3. Reduzir a pressao do transito nas estradas atuais. 4. Fornecer transporte rapido e barato. 5. Para criar os novos empregos. 6. Para remover a disparidade regional. 7. Aumentar as zonas industriais. 8. Para melhorar o PIB. Foi um projeto controverso. Algumas pessoas dizem que e muito caro e nao tem necessidade imediata. Eles consideram um luxo. O contrato de construcao da primeira secao de 6 pistas foi entregue a empresa sul-coreana. Seu custo foi de 30,5 bilhoes. O contrato para a segunda secao foi entregue a empresa turca. O PPP Govt. Nao foi satisfeito deste projeto e se trouxe algumas mudancas nele. O atraso tambem ocorreu. A mudanca no contrato tambem diminuiu o prestigio do pais. Apesar de varios problemas, e um facto que o papel de auto-estrada nao pode ser ignorado no desenvolvimento do pais.